pancas

Pancas: Prefeitura de Pancas promove leilão de lotes para impulsionar o desenvolvimento do turismo local

No dia 3 de maio a Prefeitura Municipal estará promovendo um leilão de 28 lotes  em uma área estratégica, onde está sendo construído o maior circuito de tirolesas da América do Sul. Esta iniciativa visa não apenas impulsionar o turismo na região, mas também abrir oportunidades de negócio e desenvolvimento para o município.

Os terrenos disponíveis apresentam uma variedade de tamanhos, indo de 150 a 211 metros quadrados, com lances iniciais atrativos entre R$ 70 mil e R$ 95 mil. O leilão acontecerá de forma online, a partir das 10h, proporcionando uma oportunidade acessível para todos os interessados em participar deste empreendimento único.

Para participar, basta acessar o site oficial da Vix Leilões (https://www.vixleiloes.com.br/) e realizar o cadastro. Este é o seu passaporte para entrar neste novo polo turístico que está sendo criado em Pancas.

O novo bairro que está surgindo nesta região receberá o nome de Nelson José Grobério, em homenagem a um líder religioso que deixou sua marca na comunidade e teve um restaurante tradicional em Pancas. Será um espaço não apenas de moradia, mas também de convívio, cultura e prosperidade.

Além do leilão, é importante destacar o projeto do maior circuito de tirolesas da América do Sul, que está em fase final de construção. Com uma extensão de três quilômetros, este empreendimento promete proporcionar experiências emocionantes e únicas para os visitantes. As duas grandes tirolesas, com 2,1 quilômetros e 900 metros, levarão os aventureiros por paisagens deslumbrantes, atingindo velocidades de até 120 km/h. O ponto mais alto, com cerca de 400 metros de altura, oferecerá vistas panorâmicas inigualáveis.

Pancas está se preparando para se tornar um destino turístico de destaque na América do Sul, e este leilão é apenas o primeiro passo nesta emocionante jornada de crescimento e progresso.

(DA REDAÇÃO \\ Guto Gutemberg)

(INF.\FONTE: Internet \\ Divulgação)

(FT.\CRÉD.: Fabrício Silva \\ Divulgação)